<%@LANGUAGE="VBSCRIPT" CODEPAGE="1252"%> FEOMG - Federação Ornitológica de Minas Gerais
 
Sabiá da Mata
 


Nome Científico: Turdus fumigatus.

Nome Comum: Sabiá-pardão, Sabiá-baiano, Sabiá-verdadeiro.

Distribuição: Presente na Amazônia brasileira e leste do
Rio Negro e do Rio Madeira, em direção sul até o Mato Grosso
e Goiás, e na costa, de Pernambuco ao Rio de Janeiro.

Habitat: Bordas de florestas, especialmente em áreas pantanosas e várzeas. Também encontrado em plantações
de cacau e clareiras adjacentes.

Características: 24cm de comprimento.
O canto dessa espécie é considerado um dos mais bonitos de toda
nossa avifauna.
A classificação do canto do Sabiá-da-mata e feita da mesma forma que
para o Sabiá-laranjeira.
Chega a viver mais de 25 anos em cativeiro.

.
Hábito alimentar Onívoro. Farinhada no.1 Fêmeas em reprodução: mistura de 50% de fubá grosso de milho e 50% de ração de codorna (postura).
Ração Diariamente: ração peletizada comercial para sabiás. Alguns criadores vem utilizando rações para outros animais, como cães ou leitões. Farinhada no.2 Para fêmeas com filhotes e pássaros na época de muda: mistura a base de ovo cozido, flocos de milho pré-cozidos e farelo de soja (submetido a processo industrial de tostagem).
Água Filtrada, renovada diariamente, em bebedouro limpo. Poli-vitamínico 3 vezes por semana, no bebedouro.
Alimento vivo Tenebrio molitor, minhocas e até carne moída. Oferecer pequenas quantidade para todos os pássaros 3 vezes por semana, e diariamente para fêmeas com filhotes. Areia Limpa, esterilizada, podendo ser fornecida junto com um complexo mineral.
Frutas Diariamente, desde que livres de agrotóxicos e bem limpas, alguma fruta como: maçã, figo, mamão, abacate, laranja, goiaba, banana, entre outras. Se houver disponibilidade apreciam os frutinhos do palmito-doce, do açaí e do dendê.  
.
Período de reprodução Primavera e verão. Gaiola do reprodutor 100cm de comp. x 50cm de alt. x 50cm de larg.
Período de descanso Outono e inverno. Gaiola da matriz 100cm de comp. x 50cm de alt. x 50cm de larg.
Fêmeas e filhotes Não apresenta dimorfismo sexual, sendo sua diferenciação feita apenas pelo canto, que é característica dos machos. Ninho Um vaso de xaxim pode ser utilzado como ninho, que deve ser fixado na lateral da gaiola ou viveiro.
Maturidade sexual 12 meses. Material p/ ninho Fibra de sisal, raíz de capim e terra úmida.
Incubação 2 a 4 posturas por temporada, 2 a 3 ovos/postura, 13 dias de incubação, podendo os filhotes serem separados da mãe aos 35 dias de idade. Anel No. 8.